Nossa História

Histórico da Associação Brasileira para o Trabalho Biográfico com Base na Antroposofia – por Marcia Della Negra

A Associação Brasileira para o Trabalho Biográfico com Base na Antroposofia, “Associação Biográfica”, foi fundada em 26 de agosto de 2000 em Assembléia realizada na Artemísia, após um intenso trabalho preliminar realizado por Maria Angélica Carneiro, Alexa Pratley, Ronaldo Perlatto e Rosa Schoenmaker.

A Associação foi fundada para acolher a Formação Biográfica que desde 1993 havia começado no Brasil, mas que até então não havia se configurado como uma entidade jurídica. Nessa oportunidade seguimos o modelo adotado, para a sustentação dos cursos que Dra. Gudrun Burkhard ministrava na Europa.

Dessa forma a Associação Biográfica, 7 anos mais jovem que a Formação, passou a abrigar o Curso de Formação Biográfica Antroposófica.

Dessa união entre a Associação e a Formação surgiu o impulso para compartilharmos com os demais formadores das terapias antroposóficas, a necessidade de fortalecimento desses grupos de formação. Foi desse impulso que surgiu há 7 anos, em 2004, a Associação Sophia que em consonância com as intenções que lhe deram origem deveria trabalhar para constituirmos uma Universidade Livre Antroposófica, o que efetivamente ainda não ocorreu.

Chegamos ao ano de 2007 que marca a saída da Formação Biográfica da Associação Biográfica. Atendendo a realidade jurídica do Brasil constituímos uma sociedade jurídica Escola Livre de Estudos Biográficos  – Formação Biográfica em julho deste mesmo ano.

Desde então a Associação Biográfica tem buscado um novo caminho para fortalecer a identidade do Aconselhador Biográfico no Brasil através da participação efetiva dos seus membros.

A ELEB-SP encarregou-se de elaborar o material para a inclusão do Aconselhador Biográfico no Cadastro Brasileiro de Ocupações, sendo esse o primeiro passo para o reconhecimento dessa nova profissão, no Brasil.

Formação Biográfica

Os cursos biográficos iniciaram no ano de 1976 aqui no Brasil, na Vivenda Tobias.

A metodologia foi desenvolvida por Daniel e Gudrun Burkhard (foto), baseada nas indicações das fases de desenvolvimento do serhumano, de Rudolf Steiner, fundador da antroposofia, e colocada na prática pelo professor Bernard Lievegoed, através de seu livro “Fases da Vida”.

Os cursos biográficos permitem o auto conhecimento através da análise de sua própria biografia, do seu momento presente e qual o encaminhamento que você quer dar ao seu futuro.

Foram muito procurados, fazendo se necessária a fundação de um lugar adequado para a sua realização em conjunto com um programa de revitalização.

Este local foi a Artemisia, fundada pelo casal Burkhard,centro de desenvolvimento humano, em Parelheiros, que funcionou de 1983 até o final de 2008.

A partir do ano de 1989, esses cursos foram levados para a Europa, EUA e Israel, iniciando-se nestes locais a formação em “Aconselhamento Biográfico”.

Esta formação começou no Brasil em 1992 existindo hoje em 3 lugares; São Paulo, Juiz de Fora (MG) e Florianópolis (SC) e em muitos países, tendo um caráter já internacional.

gudrun burkhard

Gudrun Burkhard – uma das pioneiras da Biografia no Brasil

Os livros básicos da Dra. Gudrun K. Burkhard foram traduzidos para mais de 12 línguas.

Mais informações do Fórum Internacional para os Profissionais do Trabalho Biográfico ou das diversas formações locais no site:
www.biography-work.org.

Cronologia da Formação Biográfica Antroposófica no Brasil

Extraído do livro “O Impulso Biográfico e suas origens na Artemísia”, de Gudrun Burkhard, no quadro elaborado por Márcia Della Negra e dos Sites das Escolas de Formação em Aconselhamento Biográfico.